É o que estou sentindo..

Não sei bem o que se passa aqui...

Tem dias que me faço em mil pedaços e desapareço entre os grãos de areia.
Eu sei que faço falta nesses dias e que você me ama menos por eu ser assim.
Se fosse possível faria você se lembrar apenas do meu lado bom e do meu momento são.
Acho que até abriria mão da sua companhia pra te poupar disso tudo,
esse voo maluco que eu crio não fará sentido pra você quase nunca e os dedos apontados
em minha direção vão me fazer ficar cada dia mais longe de ti.
Essa distância te faz mal e te faz perder o sono e a fome, sei disso.
Tentei te falar que a sua casa não é mais o seu lugar, mas você insiste em permanecer aqui acreditando em mim.
Por favor, não espere nada de mim!
Eu não tenho quase nada pra te dar e não quero ver você vivendo de migalhas.
Não quero ver você assim
Não acredite demais no amor, vai ter horas que é melhor não acreditar em nada e se desfazer (literalmente).
Você ainda é menina, sorriso e olhos de menina...
Precisa de um pouco mais da vida e do mundo, do barulho da cidade e da fumaça da cidade.
Precisa de dias ruins e de duvidar de você, de mim.
Precisa não precisar de nada.
Você precisa não morrer tão cedo.
Lembro da primeira vez que você me viu e se encantou com os meus olhos que pareciam brilhar...
Tive medo de te deixar triste.
Já desejei que meus olhos não expressassem nada e que ninguém olhasse pra mim na rua,
que eu fosse apenas mais um ponto no meio dos pontos de interrogação.
O meu desejo de não ser é maior ainda agora quando lembro de você.
Por favor, me perdoe por ser eu!

Comentários

Anterior Proxima Página inicial